Looking Through People

04:28


Olá! Foi realizada, pelas administradoras do grupo do facebook "Two looks one person", uma colaboração que se baseia em entrevistas (feitas por bloggers/youtubers) a fim de ficarmos todos a conhecer mais um pouco sobre quem está por detrás de cada blog/youtube.

Como tal, fiquei com a Ana Rita Cortez, com quem passei um fim de tarde muito interessante. Muito ocupada, porém, muito dedicada, aqui fica um bocadinho sobre ela:


1. Quem está por detrás do blog Minnie Me?
Sou a Ana Rita Cortez, tenho 25 anos e sou de Coimbra. Formei-me em Ciências de Educação na área da formação de adultos e educação social, na Universidade de Coimbra. Neste momento estou a fazer uma formação de trabalho e dou aulas numa universidade sénior.

2. A Rita é adotada e sentiu-se à vontade para falar sobre o assunto, então:
Sou adotada desde o primeiro mês de vida, pelo que nunca senti que tenho uma família biológica. Para mim, família só há uma: as minhas mães, porque foram elas que sempre estiveram comigo e sempre se preocuparam em dar-me tudo. Nunca senti diferença entre eu e o meu irmão que é filho biológico da minha mãe adotiva. Na verdade, sempre soube que era adotada, pois as minhas mães sempre mo disseram desde que tinha 2 anos e é claro que na altura não tinha noção do que era, mas sabia que o era. As minhas mães sempre tentaram que eu mantivesse contacto com a minha família biológica, mas eu própria cheguei ao ponto de não querer mais manter esse contacto. Geralmente, umas das primeiras perguntas que me fazem consiste em saber se estou interessada em conhecer a minha família biológica e a minha resposta é rápida e honesta: não, porque a minha família já vive comigo desde o meu primeiro mês de vida.


3. Porque criaste um blog?
Criei um blog porque quando entrei para a faculdade queria registar todas as minhas vivências. Estava a viver o meu sonho e, como tal, quis ter a certeza de que daqui a uns anos podia ler e relembrar os momentos. Entretanto, houveram algumas complicações e tive de o colocar em privado e, mais tarde, surgiu o Minnie Me que, ao princípio, era anónimo.


4. Lembraste da sensação que sentiste quando publicaste o teu primeiro post? Lembraste de que se tratava?
Como não escrevia para ninguém e queria apenas registar todos os momentos, aquilo era normal para mim.


5. De onde vem o nome do teu blog?
O minnie porque adoro a minnie e como queria que fosse uma coisa que me identificasse, escolhi o "me".

6. Reparei que já aderiste ao youtube. Alguma razão em especial?
Aderi ao youtube porque quero que os meus leitores tenham a possibilidade de ter um contacto mais perto de mim. Na verdade quando fazia insta stories as pessoas falavam-me e incentivavam-me a criar um canal de youtube. Acha que o youtube vai ser um aliado ao blogue na medida em que os posts tornam-se mais interativos.


7. Sem dúvida que um blog exige muito de nós. Juntando trabalho, fazer refeiçoes, acordar cedo, dormir cedo e agora com o youtube, como consegues conciliar tudo?
O meu blog está numa fase de 35 mil visualizações mensais e, como tal, deixou e continua a ser um hobbie. Neste momento o blog tem de produzir conteúdo de qualidade, interessante e que as pessoas gostam. Gerir o meu tempo não é fácil principalmente porque comecei a trabalhar de um dia para o outro. Na verdade já pensei em fazer agendamentos, mas quando chego a casa é complicado porque tenho de arrumar a casa e de fazer refeições. Para além disso, também tenho uma vida social, tenho um namorado e amigos que precisam da minha atenção.


8. Outro dos projetos que tens é a blogazine. Fala-me sobre a revista.
Tornei-me diretora da blogazine (uma revista de bloggers reconhecida) na terceira edição da revista e para ser sincera não sabia onde me estava a meter. Desde então, a revista passou a ser um projeto sério e a estar num bom lugar no mercado. Quando eu estava desempregada, a blogazine chegava a ocupar 8 horas do meu dia, era o meu trabalho. Como tal, agora que estou a trabalhar, é muito complicado gerir o tempo. Neste momento a revista está com bom crescimento e tenho ambições em tornar a coisa mais séria em 2018.

9. Neste momento estás a fazer uma dieta, como te tens sentido? Tens achado difícil?
Decidi fazer uma dieta porque tomei a decisão de mudar a minha vida. Sem dúvida que a minha grande motivação foi marcar a data do meu casamento. O meu principal foco é de querer ser um exemplo para os meus sobrinhos. Porém, é difícil conjugar a vida social com a dieta porque, por exemplo, se vou comer fora e for comer algo saudável, os preços são muito elevados o que, numa fase em que estava desempregada, se torna muito difícil. O que tem sido mais difícil para mim é cumprir os horários de comer e comer tudo o que a nutricionista me manda comer. Na realidade, o mais difícil não é deixar de comer massas, batatas, etc., mas sim cumprir as horas. No entanto, estou focada e a coisa mais importante neste momento é ter o apoio e respeito de todas as pessoas que me são mais próximas.


10. Fala-me um pouco sobre a tua relação!
Já namoro há quase 5 anos e o meu namorado ajudou-me bastante a superar a ida de uma das mães para França, que não foi nada fácil porque tinha apenas 20 anos. Desde sempre senti que posso contar com ele e, como tal, decidimos ir viver juntos. Confesso que achei que não ia resultar, porque tenho um feitio muito difícil e julguei que que ninguém conseguisse suportar este meu mau feitio por muito tempo. No entanto, aprendemos a viver juntos aceitando as personalidades um do outro. O meu namorado é o grande pilar da minha vida, sobretudo na minha dieta, porque o apoio dele é talvez o fator de maior sucesso para conseguir o foco.


11. O que te incomoda?
Incomoda-me que as pessoas sejam mal agradecidas. Por exemplo, há bloggers convidadas pela expocosmética sempre, ou na maioria dos anos, que este ano não foram. A primeira coisa que disseram foi que gostam de ir porque gostam de estar com os subscritores mas na verdade acham que é uma "seca". Na realidade, a expocosmética enviou convites para quem não está na lista para irem na mesma e algumas pessoas não vão porque não vão ganhar nada com isso. Pela minha experência (o ano passado fui à expocosmética sem ser convidada), posso dizer que me diverti imenso e que adorei! Foi alta experiência.

12. Uma curiosidade sobre a Rita.
Quando meto uma coisa na cabeça, vou até ao fim. É claro que por vezes não é bom, mas em alguns aspetos da minha vida é, porque para conseguir chegar a algum lado temos de ser persistentes e acreditar no que queremos.


E pronto, esta foi a minha entrevista com a Ana Rita. Espero que tenham gostado, porque eu adorei passar um bocado do meu tempo com ela!

Conhece todas bloggers/youtubers que fazem parte da colaboração:
Al-duque | Ana Banha | comeonshine | tipicamente adolescente | minnie me | beleza feminina | Andreia Soares | charming wiccan | the passion girl | tiny girl reviews | Cecília F. G. M. Preto | owlright carol | verdade querida | jovi moda | corsemfim | arte e cor | comic life | mau mau Maria | cantinho da Marta | ela vem da ilha | primavera estacional | style days | Paula Moreira Santos | where I belong | baú da vaidade | Vânia. A. Photography

You Might Also Like

6 comentários

  1. Adorei este bocadinho :)
    Obrigadaaaaa ♥️

    ResponderEliminar
  2. Já conhecia o blog da Ana Rita e gosto muito :)
    Não conhecia o teu blog, mas já estou a seguir :*
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  3. Já conhecia o blogue da Rita, desconhecia o facto de ser adotada.A meu ver a Rita é sem dúvida uma rapariga cheia de força e coragem. Adorei a entrevista e obrigada pela tua participação neste projecto. Beijinhos ��


    http://andreiaseraos.wixsite.com/blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu pela oportunidade! Gostei imenso de participar :)
      Beijinhos!

      Eliminar

Popular Posts